Aeroporto Milão - Malpensa

7 Rotas-de-voo de & para Milão - Malpensa (MXP)

Voos Milão - Malpensa (MXP) - Paris - Charles de Gaulle (CDG)
easyJet (U22777, U22789, U22785, U22781, U22791), Air France (AF1231, AF1731), ALITALIA (AZ300)
25,49 €
Voos Milão - Malpensa (MXP) - Porto (OPO)
TAP Air Portugal (TP817, TP819), El Al Israel Airlines (LY9059), Finnair (AY6783), Etihad Airways (EY5885), Air China (CA7033), Air India (AI7711), ALITALIA (AZ7524)
63,99 €
Voos Milão - Malpensa (MXP) - São Paulo - Guarulhos (GRU)
LATAM Chile (LA8063), Air Italy (IG9063)
972,00 €
Voos Milão - Malpensa (MXP) - Lisboa (LIS)
TAP Air Portugal (TP827, TP829), Finnair (AY6780), Egyptair (MS9418), Azores Airlines (S48917), Ethiopian Airlines (ET1746), easyJet (U22715), Etihad Airways (EY5849)
30,99 €
Voos Porto (OPO) - Milão - Malpensa (MXP)
TAP Air Portugal (TP818, TP816), El Al Israel Airlines (LY9048), Finnair (AY6782), Etihad Airways (EY5866), Aegean Airlines (A31764), Air India (AI7712), Ukraine International Airlines (PS9956)
22,99 €
Voos Lisboa (LIS) - Milão - Malpensa (MXP)
TAP Air Portugal (TP824, TP822), Azores Airlines (S48910), Etihad Airways (EY5890), El Al Israel Airlines (LY9032), Egyptair (MS9417), Ethiopian Airlines (ET1747), Polskie Linie Lotnicze LOT (LO4710)
45,99 €
Voos São Paulo - Guarulhos (GRU) - Milão - Malpensa (MXP)
LATAM Chile (LA8062), Air Italy (IG9062)
610,99 €

Aeroporto Milão - Malpensa

O Aeroporto de Milão - Malpensa é o segundo aeroporto mais importantedaItáliae serve à cidade homónima e capital da Província da Lombardia, ao norte do país.

Milão é servida ainda pelo Aeroporto de Linate, que é um importante hub aéreo. Contudo, não é servido por todas as companhias aéreas desde a abertura de Malpensa. Mas muito utilizado por homens de negócios, pois o percurso até ao centro de Milão torna-se, com isto, muito reduzido. E também pelo Aeroporto de Bérgamo, que fica a 50 km de Milão. Muitas companhias aéreas comercializam-no erroneamente como Milão-Bergamo, por estar vizinho a Milão e por oferecer a muitos passageiros uma alternativa diversa do movimentadíssimo Malpensa.
  • URL: Milão - Malpensa (MXP)
  • Fuso horário: GMT 1
  • Serviço telefónico: +39 02 23 23 23 (Customer Call Centre)
  • Morada/Endereço: Aeroporto di Milano-Malpensa, 21010 Ferno- Malpensa (MI), Italia
  • Administração: Società Esercizi Aeroportuali S.p.A.
  • Estacionamento: Sim. Com cobrança de taxas. Há um parque de estacionamento com cerca de 9.000 lugares destinados à breves e longas permanências.
  • Cidades próximas: Novara (20 km), Mailand (40 km), Monza (42 km), Bergamo (77 km)
  • Transportes: O aeroporto encontra-se a cerca de 48 km do centro de Milão, sendo acessível pela saída «Busto Arsizio» da autoestrada A-8 e da autoestrada SS-336. Alternativa: a saída «Sesto Calende-Vergiate» da A-35.
  • Estações de comboios: Comboio Expresso Malpensa até à estação ferroviária de Cadorna em Milão; autocarros para a estação ferroviária de Milão
  • Distribuição de voos conforme os dias da semana: segunda-feira (15.11%), terça-feira (14.00%), quarta-feira (14.40%), quinta-feira (14.35%), sexta-feira (14.78%), sábado (13.11%), domingo (14.25%)
  • Outras denominações: Milà-Malpensa, Milano-Malpensa, Milão-Malpensa, Milan-Malpensa, Mediolan-Malpensa, Мілан Мальпенса, Милано Малпенза, Милан-Мальпенса, Μιλάνο Μαλπένσα, מילאנו מלפנסה, مالبينسا ميلانو, ميلان مالبينسا, மிலன், मिलान मालपेन्सा, มิลาน, ミラノ・マルペンサ, 밀라노 말펜사, 米兰-马尔彭萨, 米蘭-馬爾彭薩

Destinos mais populares a partir de Milão - Malpensa (Voos semanais )

  1. Barcelona (120, 3,48 %)
  2. Paris - Charles de Gaulle (108, 3,14 %)
  3. Londres - Gatwick (104, 3,02 %)
  4. Nova Iorque / Nova York - John F. Kennedy (78, 2,26 %)
  5. Catânia - Fontanarossa - Vicenzo Bellini (76, 2,21 %)
  6. Lisboa (76, 2,21 %)
  7. Frankfurt (74, 2,15 %)
  8. Viena (70, 2,03 %)
  9. Londres - Heathrow (66, 1,92 %)
  10. Madrid - Barajas (66, 1,92 %)
  11. outros (75,66 %)

Companhias aéreas mais populares (Número de descolagens/partidas)

  1. easyJet (1380, 19,89 %)
  2. Wizz Air (875, 12,61 %)
  3. Ryanair (827, 11,92 %)
  4. Vueling Airlines (264, 3,81 %)
  5. British Airways (260, 3,75 %)
  6. Eurowings (252, 3,63 %)
  7. Lufthansa (242, 3,49 %)
  8. Air France (224, 3,23 %)
  9. Neos Air (209, 3,01 %)
  10. Emirates Airline (128, 1,84 %)
  11. outros (32,82 %)

Localização
Este aeroporto encontra-se a cerca de 48 km ao noroeste do centro de Milão.

Para chegar em automóvel ao aeroporto, o passageiro de Milão deverá conduzir até a saída «Busto Arsizio» da autoestrada A-8/E-62 , em seguida pela SS-336 «Viale dell’Aeronautica» até ao terminal de partida; se proveniente de Génova ou Alessandria, deverá seguir pela A-26/E-25 até a saída «Sesto Calende-Vergiate», em seguida pela SS-33 «Via Sempione» até à bifurcação para a SS-336, a partir de então deverá seguir a sinalização até ao aeroporto. Mas, de Milão há ainda uma alternativa de chegada ao aeroporto pela SS-33.

Para chegar em comboio ao aeroporto, o passageiro deve seguir até à estação ferroviária «Milano Centrale»; de lá, prosseguir com a linha de metro 2 por 5 estações até Milano-Cadorna. Em Milano-Cadorna, deverá prosseguir com o comboio Malpensa-Expresszug da FNM «Ferrovie Nord Milano», que parte diariamente a cada 30 minutos. A viagem até ao terminal 1 dura cerca de 40 minutos.

Uma outra alternativa de «Milano-Centrale» até ao aeroporto é o trajecto por autocarro. Entre a estação central e o aeroporto circulam diariamente as empresas privadas Air Pullman, Malpensa Shuttel e Starf Fly. Além desta opção, há uma bastante económica oferecida pelos autocarros da linha 73 (serviço de transporte público urbano) a partir da estação de metro San Babila.

História
A história do Aeorporto de Milão-Malpensa inicia quando já era um aeroporto militar e, em seguida, Aeroporto de Busto Arsizio. Em 1909, o industrial Giovanni Agusta e Cianni Caproni fizeram em sua fazenda, em Malpensa, um campo de pouco para voar o seu prototipo. Com o acréscimo de algumas estruturas militares, o campo de pouso tornou-se uma escola de pilotos. Depois da Segunda Guerra Mundial, alguns industriais e políticos da região recuperaram-no e o assumiram com o objetivo de torná-lo o motor do desenvolvimento da indústria milanesa.

A pista de voo, danificada pelas tropas alemãs no momento de sua retirada ao final da guerra, foi refeita e alongada por 1.800 metros e o aeroporto foi dotado de uma pequena estação aérea, construída em uma choupana. Em 1948, com a aterragem da aeronave Breda BY308, pilotada por Mario Stoppani, o aeroporto é aberto oficialmente ao tráfego civil sob o nome de Aeroporto «Città di Busto Arsizio».

No primeiro ano de operação, registraram cerca de 1.366 aeronaves, 12.287 passageiros e um movimento de cerca de 593 toneladas de mercadoria. Em 1950, o aeroporto recebe a primeira aeronave saída de Nova Iorque, portando o embaixador norte-americano na Itália como passageiro. Em 1952, a cidade de Milão assume-o definitivamente. Em 1955, inclusive a Província de Milão torna-se parte dos controladores e a sede do aeroporto é transferida para Milão.

Em Agosto de 1960, todos os voos nacionais e europeus ofram transferido para o Aeroporto de Milão-Linate. Em consequência, o Aeroporto de Malpensa torna-se o aeroporto intercontinental de Milão e ao norte da Itália. Em 1965, a maior pista europeia à época foi dotada com um sistema de aproximação luminoso e por um sistema instrumental de aterragem. O terminal, construído entre 1958 e 1962 foi modificado várias vezes e corresponde substancialmente ao Terminal 2.

A segunda fase foi a expansão posterior que levou à construção do grande terminal (projeto 2000): o Terminal 1 que foi inaugurado 1998.


Estatística de dados climáticos Milão - Malpensa

Jan
Fev
Mar
Abr
Mai
Jun
Jul
Ago
Set
Oct
Nov
Dez
4.5
7.6
13.1
18.2
23.1
26.5
29.1
27.6
23.8
17.2
10.4
5.9
2.0
4.0
8.6
12.7
17.9
21.7
24.1
23.5
19.1
13.1
7.1
3.8
-0.2
1.9
5.9
9.7
13.9
17.2
19.6
18.9
16.1
11.0
6.1
1.7