Voos - Etiópia

Dicas de viagem sobre o destino: Etiópia

Etiópia – o país, sua geografia

Etiópia é um país ao nordeste da África que faz fronteiras com a Eritréia, o Sudão, o Quénia, a Somália e o Djibouti.

A maior parte da Etiópia é ocupada pelo Planalto da Abissínia. Na Cordilheira da Abissínia encontra-se também a capital Addis Abeba. No centro do país, termina a falha africana em cujo lado sudeste complementa-se o Planalto da Somália.

O ponto culminante do país é o Ras Daschan Terara, com uma altura de 4.533 metros no Planalto da Abissínia. É a única montanha da Etiópia que fica coberta com neve durante o inverno. A primeira escalada da montanha foi em 1935 durante a ocupação dos italianos, pois a população local acreditava que espíritos malignos moravam na montanha. O maior rio do país é o Nilo Azul, que tem 1.350 km na Etiópia, em cujo planalto central nasce e desagua no Nilo Branco em Cartum, formando o Nilo.

O idioma oficial é o amárico. Falam-se também o inglês, italiano, francês e árabe nas grandes cidades.
 

Etiópia – clima e melhor época para visitar

A Etiópia está em uma zona tropical e quente. Durante o dia pode tornar-se muito quente nas planícies baixas. No planalto, ao contrário, domina um clima temperado o ano inteiro. Mas nas montanhas pode haver geadas.

Etiópia – saúde, vacinação e entrada no país

Recomenda-se a vacinação contra hepatite A, tifo, poliomielite, difteria e tétano. Bem como usar roupas que cubram todo o corpo e repelentes contra moscas e insetos que transmitem enfermidades viróticas. Somente em grandes cidades estão assegurados bons serviços de assistência médica. É importante possuir um seguro de saúde válido em todo o mundo e que assegure explicitamente a repatriação da Etiópia em casos de emergência. Além disto, recomendamos o consumo de água engarrafada; os frutos devem ser descascados e as verduras e legumes deverão ser cozidos.

A rede farmácias em Adis Abeba é vasta, sendo possível encontrar todos os medicamentos de uso mais corrente.

Os cidadãos nacionais deverão apresentar: passaporte válido no mínimo por seis meses. Atualmente não há exigência de visto de turista, cuja estadia não ultrapasse aos 90 dias. Durante a aterragem são distribuídos cartões de turista ao visitante com validade para 90 dias. O original será retido no aeroporto e sua cópia deverá ser entregue na saída. Há possibilidade de prorrogação deste visto para mais 90 dias no Chile, mediante o pagamento de uma taxa. Para visitantes menores, recomenda-se que portem seus passaportes individuais com foto. No entanto, se o menor estiver inscrito no passaporte de um dos genitores poderá entrar no país.

Etiópia - a capital e outras cidades

Adis Abeba, com mais de 3 milhões de habitantes, é a maior cidade do país e encontra-se a uma altura de 2.200 e 3.000 metros no planalto etíope da Abissínia. É o centro cultural e económico do país e foi considerada até 1950 a capital inoficial da África. Desde 1958, Addis Abeba é também a sede da comissão económica das Nações Unidas para a África e desde 1963, sede da União Africana. Além disto, na capital encontram-se ainda mais de 90 consulados e embaixadas.

Além da capital, há ainda Dire Dawa, Nazret, Bahir Dar, Gonder e Mek' ele. O ponto alto dentre elas é a cidade de Aksum, a capital do primeiro reinado etíope. Foi um dos maiores reinos na Antiguidade. Segundo a epopéia nacional “Kebra Nagast”, possivelmente na igreja de Aksum encontrar-se-ia a famosa Arca da Aliança, com os dez mandamentos. Também em Aksum viveu provavelmente a famosa rainha de Sabá e outros reis etíopes que em linha directa descenderiam do rei Salomão. Aksum também é conhecida por seus obeliscos com 30 metros esculpidos em um único bloco de granito.

Um tesouro cultural são as igrejas de Lalibela, encravadas na rocha, que foram declaradas património cultural da humanidade pela UNESCO. Estas 11 igrejas com vários andares estão a uma altura de 2.600 metros e sua construção deu-se no século XII por ordem o rei religioso Lalibela. Elas superaram as intempéries dos séculos e abrigam uma colecção incomparável de afresco, de pinturas e de manuscritos bem conservados, que são os testemunhos da mais antiga comunidade cristã do mundo.

Rotas mais populares