idealo Preisfinderidealo Preisfinder - Finde den niedrigsten Flugpreis nach Abflugsort und Datum
Selecionar o voo de partida apropriado:
Inserir Voo de Retorno
Selecionar o voos de retorno apropriado:
Selecionar o voos de retorno apropriado:
Inserir Voo de Retorno

Dicas de viagem sobre o destino: Suécia

Suécia – o país, sua geografia e fatos interessantes

A Suécia é o maior país da Escandinávia e está delimitado pela Noruega, Finlândia, pelo Mar do Norte, pelo Golfo da Bótnia e pelos estreitos de Kattegat e Skagerrak. As ilhas de Gotland e Öland também pertencem ao território sueco. A Suécia divide-se em diferentes zonas, três na Suécia Meridional e Suécia Central (Götaland e Svealand) e três na Suécia Setentrional (Norrland). Na parte setentrional da Suécial, no condado de Schonen, que estende-se até à planície da Alemanha Setentrional e da Dinamarca, na planície da Suécia Meridional, com muitos lagos, desdobra-se até ao norte da planície e é a terceira maior zona da Suécia Meridional e Central. Nesta terceira maior zona, a Depressão da Suécia Central, encontram-se os maiores lagos da Suécia, como Vänern, Vättern, Mälaren e Hjälmaren. A parte ocidental da Suécia Setentrional, ao contrário, é marcada pelas cordilheiras escandinávias. Esta cadeia de montanhas compõem a fronteira com a Noruega e apresenta altitudes que vão de 1.000 m e 2.000 m. A maior elevação aqui é o Kebnekaise (2.111 m), é também a montanha mais alta da Suécia. Em direcção, tem-se a zona mais larga sueca, a Pre-Terra. Aqui prolongam-se os planaltos que se transformam em um terreno colinoso e com colinas. A última grande zona estende-se ao longo da costa do Mar Báltico, entre Härnösand e Örnsköldskvik, esta região costeira foi formada pelas massas de gelo da última era glacial. Entre os rios mais longos da Suécia estão Klarälven, Torneälv, Dalälven, Umeälv e Angermanälven.

Suécia – seu clima e melhor época para visitar

Devido à sua posição setentrional, a Suécia, possui um clima parcialmente rígido, principalmente ao norte do país. Por sua proximidade com a Corrente do Golfo, grande parte da Suécia, um clima temperado e húmido com muitos aguaceiros e baixas diferenças de temperatura entre o verão e o inverno. No planalto da Suécia Meridional, ao contrário, possui um clima continental.  

Suécia –chegada e prosseguimento de viagem

Da Dinamarca, pode-se chegar à Suécia por balsa, de Grenaa até Varberg; de Frederikshavn e Gotemburgo; ou de Helsingor para Helsingborg. Também da Alemanha, pode-se chegar à Suécia, por barco: de Kiel para Gotemburgo; de Travemünde para Trelleborg e de Malmö e Rostock para Trelleborg. De grande importância, a ligação longas com a Suécia Setentrional é o tráfego aéreo. Quase toda cidade metropolitana e de porte médio possui um aeroporto. Estocolmo-Arlanda, Gotemburgo e Malmo-Sturup estão ligados a aeroportos internacionais.

Suécia- sua capital, outras cidades e atrações turísticas 

Estocolmo é a capital da Suécia e a cidade maior e a com mais história. É também residência do casal real, do parlamento e do governo suecos. Mas, em Estocolmo, encontram-se também uma universidade e várias escolas politécnicas. No território de Estocolmo há também 14 ilhas, interligadas por 53 pontes. Mais de 30% do território da cidade está coberto por água. A qualidade da água é tão alta que pode-se pescar salmões no centro da cidade. Em Estocolmo há três aeroportos: Estocolmo-Arlanda, Estocolmo-Skavsta e Estocolmo-Bromma. O coração de Estocolmo é cidade histórica (Gamla Stan). Os monumentos que merecem ser visitados são Riddarholmskyrkan, a igreja de S. Nicolau (Storkyrkan), o castelo real, o castelo Drottningholm, onde habita a família real, mas também o parlamento e o Kaknästurm e o museu ao ar-livre de Skansen. Para muitos, Estocolmo é uma das cidades mais bonitas do mundo. Existem edifícios antiquíssimo, parques e incontáveis cafés e sorveterias. E, naturalmente, o mar e muito sol, que no verão jamais se põe. Outros destinos turísticos na Suécia é a estância de esqui de Are, com 44 teleféricos, o Parque Nacional de Sarek, o Hotel de Gelo em Jukkasjärvi (Suécia Setentrional), a Ilha de Gotland com a capital medieval de Visby, Grimeton e Kungsleden.